Time da NBA, Sacramento Kings, vai agora minerar criptomoedas

Você sabia que um importante time de basquetebol norte-americana está envolvida na mineração de moedas virtuais? Equipe de basquete e criptomoedas parece uma mistura inusitada, contudo está ocorrendo!

A equipe americana de basquete Sacramento Kings vai minerar a Ethereum, a segunda maior criptomoeda do mundo, em um data center baseado em arena. A equipe pretende minar criptomoedas pela sua iniciativa MiningForGood, que é projetada para ajudar as comunidades locais.

Os Kings têm uma longa história de experimentação com tecnologias inovadoras. A equipe estará usando máquinas de mineração de criptografia feitas pela MiningStore para minerar a Ethereum. Uma parte dessas moedas será doada para a MiningForGood. A equipe da NBA não especificou exatamente quanto será doado para a causa, mas espera-se que a porcentagem seja significativa.

A iniciativa começará ajudando as comunidades negras através do Build. Black. Coalition. Eles vão transmitir educação tecnológica e ajudar no desenvolvimento da força de trabalho. Observe que, mesmo depois de cortar quase metade de seu valor desde que atingiu a maior alta de todos os tempos, há seis meses, uma moeda Ethereum ainda é comercializada por mais de US $ 400.

O projeto pode sobreviver?

Se os custos da Ethereum caírem ainda mais, a mineração poderá se tornar menos lucrativa para a equipe. Além disso, a eletricidade e outros custos fixos terão que ser considerados antes que a equipe possa obter lucros. É um processo faminto por poder e tem sido frequentemente criticado por suas conseqüências ambientais também.

Como o nível de dificuldade do bloco continua aumentando ao longo do tempo, a mineração se tornaria mais difícil também. Seria mais difícil manter a rentabilidade para a equipe, quanto mais doar para uma causa.

Embora a matemática real da iniciativa MiningForGood seja desconhecida, a equipe espera confiar em um modelo competitivo para ganhar e espera que os preços subam em um futuro próximo.

FONTES:
Fonte 1
Fonte 2

Lucas

Lucas Autor

Estudante de Letras (Português - Alemão) da Universidade de São Paulo. Diz que entende de cinema e espera escrever um livro, mas só espera mesmo.

Comentários