Startup sul-coreana afirma ter resolvido problema de velocidade em plataformas blockchain

A empresa sul-coreana Bloom Technology anunciou que criou uma nova tecnologia capaz de acelerar as transações no universo blockchain.

Transação blockchain leva uma fração de segundo com tecnologia desenvolvida por sul-coreanos

Ontem, no dia 3 de dezembro, o CEO da Bloom Technology, Lee Sang-yoon, afirmou que a tecnologia desenvolvida por sua empresa, chamada de Lotus Chain, reduziu consideravelmente o tempo necessário para o processamento de transações em uma rede de blockchain.

Após conduzir um teste público com cerca de 635 nós participantes à fim de revelar a velocidade de transação final atingida por sua tecnologia, os sul-coreanos da Bloom Technology provaram êxito ao alcançar o marco de no máximo 0,23 segundos para validar cada ação. O tempo mínimo foi de 0,13 segundos.

“A Locus Chain ainda está em desenvolvimento para se tornar uma versão completa. Mas acredito que a tecnologia já é comercialmente viável […] acho que é um negócio real”. Afirmou Lee.

Ele ainda sugeriu que a tecnologia é um dos passos mais importantes para o momento do blockchain, apontando que atualmente as transações geralmente levam “mais de 10 minutos para criptomoedas e até mais de uma hora para Bitcoin.

Fonte:
Cointelegraph

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Leia Também