Startup blockchain é criada para fãs da cultura pop investirem em produção de séries

Serviços de streaming se popularizaram pelo planeta depois que a Netflix chegou nesse mercado. A produtora é hoje a maior plataforma online para usuários assistirem à filmes e séries como bem entenderem. Mesmo assim, ainda existe um grande problema por trás dessas produções, que uma startup blockchain pretende resolver em breve.

A humanidade precisa do entretenimento. Para a nossa espécie, é fundamental que nós encontremos um momento para fugir da pressão da realidade, relaxando a cabeça com alguma série de TV, por exemplo.

Porém, encontrar uma série de TV que agrade pode ser um trabalho demorado, e muitas das vezes quando nós finalmente nos deparamos com uma história que nos cativa, ela vive sob o risco de ser cancelada à qualquer momento por falta de apelo comercial. Se não gera dinheiro, não tem por quê existir.

Uma forma de combater esse problema é produzindo conteúdo em cima de financiamentos coletivos. É o que propõe a Bombay Sour, uma startup blockchain que desenvolveu o projeto Zest, para que ele se torne uma espécie de netflix onde as séries são disponibilizadas apenas depois que sua produção seja paga por quem pretende assistir.

Pode parecer uma ideia maluca, mas para muita gente ela faz sentido, já que nesse caso o blockchain garantiria a transparência necessária para que você confie que seu dinheiro será utilizado para os fins que foram investidos.

Não é atoa que alguns nomes famosos já estão envolvidos nessa ideia, como o diretor Eric Kissack, que esteve na produção da comédia “O Ditador” e até Simon Egan, produtor do filme “O Discurso do Rei”, faz parte da equipe como conselheiro.

Startup blockchain é o futuro do conteúdo premium

Até agora cerca de 200 pilotos de séries e curtas foram produzidos. O fundador Piotr Kocel, afirma que acredita completamente que este tipo de entretenimento premium faz parte de um “futuro descentralizado, onde o conteúdo é co-criado democraticamente com as audiências, e o valor é distribuído através de contratos inteligentes privativos”.

Fonte: ECO

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Igor Seco

Igor Seco Autor

Comentários