Smartphone blockchain permite realizar chamadas sem necessidade de operadora

Muito ainda precisa ser aprendido sobre as novas tecnologias e à cada dia que passa elas se mostram ainda mais inovadoras. Entrando na onda de smartphones blockchain, uma empresa desenvolveu um modelo de celular que realiza chamadas sem a necessidade de uma operadora de telefonia.

Novo smartphone blockchain pode ser o terror das operadores de telefone como conhecemos

Da metade de 2018 pra cá, nós temos visto diversas empresas trabalhando para implementar o blockchain no ramo de celulares, que mesmo não sendo ainda uma tecnologia das que atingem a grande massa, tem mostrado muito potencial.

O lançamento do Exodus, da HTC, impulsionou o olhar dos investidores para este mercado e fez com que as grandes marcas passassem a pensar em como introduzir para os consumidores um smartphone blockchain. Então, foi a vez da Samsung começar o desenvolvimento do seu próprio modelo com aplicações de criptografia para o armazenamento de criptomoedas.

Diversos rumores já se confirmaram através de fotos publicadas em redes sociais que o Galaxy S10 será disponibilizado com uma função de Carteira digital.

Mas a grande novidade neste setor em crescimento é na verdade de uma outra empresa não tão conhecida por aqui, a PundiX, que recentemente trouxe a opção de pagamento em bitcoin para algumas bancas de revistas em São Paulo.

A Startup está liderando um projeto chamado FunctionX, com diversas funções voltadas para o blockchain e que inicialmente é capaz de fazer chamadas sem a necessidade de uma operadora telefônica.

Pitt Huang, o cofundador da empresa declarou o que levou a PundiX a este projeto:

“Na PundiX, nós acreditamos em aproveitar a tecnologia blockchain ao máximo para encontrar maneiras de integrá-la à ao cotidiano das pessoas, à fim de torna melhor. Por causa disto, nós nunca paramos de procurar maneiras de criar novos aplicativos que utilizem blockchain. Este espírito nos levou a criar o primeiro dispositivo de ponto de venda acionado completamente por blockchain no mundo. E hoje, é este mesmo princípio que nos incentivou a trazer o blockchain para o mundo da telefonia, transmissão de dados e armazenamento, algo muito além das transações e financeiras que deram o ponta pé inicial na exploração dessa tecnologia.”

Para ficar um pouco mais claro, não se trata exatamente de um smartphone, mas sim de uma aplicação blockchain que funcionará facilmente em cima de sistemas operacionais que já existem integrando opções de criptografia aos mais diversos aspectos do aparelho, transferindo dados e armazenando-os através de chaves únicas para cada usuário.

A criptografia aliada ao compartilhamento de links entre usuários servirá para a troca de informações, como chamadas, e-mails e até mensagens de texto.

“Nosso celular é uma prova de conceito para mostrar como aplicações em blockchain podem ser integradas ao nosso dia-à-dia. Nossa visão é permitir as pessoas usufruírem desta tecnologia e de suas vantagens. Para isso estamos construindo uma rede de nodes que vai possibilitar escalabilidade total à rede para lidar com grande fluxo de dados. Cada maquininha nossa, cada celular, cada aplicação pode ser um node e ser recompensado por isso. Nosso objetivo não é se posicionar como uma fabricante de hardware, mas como uma empresa de software para que o modo blockchain seja incorporado aos smartphones já disponíveis.”

Fonte:
CCN

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Igor Seco Autor

Comentários