Quatro sistemas melhorados com a descentralização

Explicamos em um texto passado sobre como o sistema financeiro descentralizado pode mudar tudo no mercado. E comentamos que pode haver alguns sistemas melhorados com a descentralização. Hoje, vamos mostrar quais são e porque a descentralização irá melhora-los.

Pagamentos e transações

Como já dito em outros textos, o Bitcoin foi o primeiro a fornecer a capacidade de transações descentralizadas. O Ethereum permitiu um mecanismo similar. Por sua vez, a maioria era apenas entre indivíduos e corporações. No caso, as duas criptomoedas são ineficientes em serem redes de pagamento rápidas e baratas.

Principalmente pelo tamanho e pelas taxas estabelecidas pela velocidade.

Como a demanda pelo Bitcoin é alta, o mercado torna seu valor mais alto que as redes de pagamento tradicionais. Seu protocolo afirma que cada bloco é propagado de dez em dez minutos, tornando-o incapaz de ser utilizado para micropagamentos. Com o Ethereum não foi diferente.

Apesar de existirem diferentes soluções potenciais, a comunidade está com o foco em melhorar a maneira de dimensionar Blockchains. O principal benefício é a transferência de grande parte da atividade da rede para fora da cadeia, contando com a principal para aplicação e arbitragem de confiança.

Dando certo, elas diminuirão o inchaço das transações na cadeia. Isso os torna um dos sistemas melhorados com a descentralização, que vai permitir que ela se mantenha em alto nível na rede.

A Lightning Network e a State Channels são duas soluções promissoras para o Bitcoin e o Ethereum, respectivamente.

  • Lightning Network: sistema descentralizado que utiliza contratos inteligentes para permitir pagamentos instantâneos. Usa a linguagem interna do Bitcoin para a criação de regras sobre a movimentação do dinheiro. Usuários podem realizar transações entre si, sem limites quanto ao tamanho ou frequência de pagamentos.
  • State Channels: semelhante ao Lightning, serve como solução à rede Ethereum. Ela permite a realização de transações entre usuários fora do Blockchain. Ao mover as transações da Blockchain do Ethereum, usuários podem interagir com aplicativos sem precisar pagar taxas.
Estabilidade de valor

Uma das discussões sobre o uso da criptomoeda como pagamento ou reserva de valor é a volatilidade da classe de ativos. As rápidas mudanças de valor excluem diversos usos, como o uso das moedas digitais para pagar o salário, por exemplo. O planejamento financeiro é mais complicado.

As stablecoins, como são chamadas, são ativos criptográficos projetados para justamente manter os valores estáveis. Quase todas as implementações feitas até agora tentaram manter em relação ao dólar americano, criando representações digitais da moeda.

Existem diferentes designs exclusivos de stablecoin, incluindo um modelo de IOU centralizado, como o Tether e o TrueUSD. Mas, elas ainda são conceitos experimentais. Provavelmente, vão precisar de interações para sua introdução no mercado.

  • MakerDAO: plataforma de contrato inteligente na Ethereum que opera o sistema Dai Stablecoin – uma organizaçao descentralizada complexa que cria um ativo de criptografia estável. A Dai, no caso, é uma criptomoeda com valor estável em relação ao dólar.
  • Basis: ainda nos estágios iniciais, é uma criptomoeda estável com um banco descentralizado que expande e contrata o fornecimento de Basis para estabilizar seu poder de compra. Ela faz isso com base em um ativo para se estabilizar, como o dólar. Assim, é definido um preço alvo relativo ao ativo.
Emissão de ativos

O Blockchain revolucionou o processo de criação dos ativos. Atualmente, o processo é manual, intensivo em papel. A manutenção de registros leva a grandes reconciliações internas e externas, levando ao aumento do custo da emissão. Da mesma forma, são necessárias diferentes partes interessadas para a conclusão do processo. O que reduz a velocidade, além das taxas.

Os contratos inteligentes acabam oferecendo um paradigma para a emissão de segurança. No caso, eles reduzem custos e democratizam o processo de criação de ativo, sendo um dos mais importantes sistemas melhorados com a descentralização.

Agora, podem implantar um contrato que cria uma representação digital de um ativo. Além de provisionar fundos e troca-los para o novo ativo.

  • Tari: recursos podem ser criados em qualquer Blockchain. Para isso, é preciso uma linguagem que permita criação de regras sobre como o valor é transferido na rede. Em suma, é um protocolo Blockchain de código aberto, projetado para criar ativos digitais garantidos pelo Monero.
Troca de ativos

Com a mudança da emissão, consequentemente há a da troca. Atualmente, grande parte das trocas ocorrem em criptografia, de forma centralizada. Elas permitem que usuários negociem seus ativos fiat por outros ativos criptográficos.

Embora sejam rápidos e confiáveis, essas trocas enfrentam problemas, como falta de liquidez, fragmentação do mercado e infraestrutura opaca. Elas acabam expondo os indivíduos a um grande risco de contraparte. Usuários concedem custódia total de seus fundos e trocas que podem usar os ativos para empréstimos, por exemplo.

Já as bolsas descentralizadas apresentam um novo modelo de troca de valor. No caso, os usuários podem transacionar livremente entre si, mas com custódia total dos fundos. Há também a liquidez compartilhada. Já que os usuários enviam pedidos para uma estrutura aberta, eles podem receber respostas de qualquer outro usuário.

  • OxProject: protocolo aberto que facilita a negociação de qualquer token no Ethereum. Seu componente principal é um conjunto de protocolos inteligentes abertos. Um de seus diferenciais é sua execução de negociação de “retransmissão de pedidos fora da cadeia”. Os pedidos são transmitidos e correspondidos dentro de retransmissores que cobram taxa.  O que significa redução do inchaço do Blockchain.
Muito além desses sistemas melhorados com a descentralização

Os quatro sistemas melhorados com a descentralização são uma pequena parcela do que o sistema financeiro centralizado pode melhorar. Mas, vamos deixar os outros para outra discussão. Então, fique atento no Portal do Blockchain.

FONTE

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Comentários