Cerca de 1% dos trabalhadores russos gostaria de receber salário em bitcoin

Uma pesquisa realizada recentemente na Rússia afirmou que cerca de 1% da população do país estaria preparada para receber seu salário em bitcoin. Os dados foram publicados no último dia 11 de Outubro.

A pesquisa também indica que o interesse dos Russos pelas criptomoedas diminuiu de Janeiro para cá, um dado que não se repete no restante do mundo. Estudos parecidos foram realizados nos Estados Unidos e mostraram um público muito mais entusiasta ao dinheiro digital.

Então é possível receber o salário em bitcoin?

O mercado de trabalho vem sofrendo revoluções no mundo inteiro. Para o bem ou para o mal, as coisas estão mudando rapidamente devido à maneira como as tecnologias tem influenciado no setor, criando novas exigências que devem ser supridas por quem planeja ocupar determinada vaga.

Dependendo do seu emprego, ou da empresa para qual você trabalha, é possível negociar o método de pagamento. No Brasil nós recebemos em Reais, mas em muitos casos as pessoas podem ter salários pagos em dólar, por exemplo.

Porém, por mais que as criptomoedas já tenham se popularizado no mundo inteiro, muitas pessoas ainda não tem ciência sobre o que se trata essa nova tecnologia.

O estudo realizado na Rússia pelo Instituto Superjob abordou 1,6 mil pessoas em mais de 250 lugares e concluiu com base nas perguntas, que aproximadamente 3% da população desconhece a criptoeconomia ou sua função.

Por causa disso, é ainda menor a porcentagem de pessoas que pensam em pedir para receber seu salário em bitcoin. Esse número não passa do mísero 1%.

Efetivar esse tipo de pagamento por serviços em uma empresa fixa pode parecer promissor, mas ainda acarreta alguns problemas para os profissionais. Como o comércio ainda não é amplamente receptivo à esse tipo de moeda, não seria a decisão mais inteligente receber todo o salário em bitcoins, a menos que essa não seja a única fonte de renda do indivíduo.

Além disso, aos poucos estão surgindo formas mais efetivas de investir seu dinheiro físico em ativos digitais, sem a necessidade do colaborador fazer exigências para a empresa em qual trabalha. Com boa parte do planeta desconhecendo completamente o mercado criptoeconômico, fazer pedidos como esse podem gerar um mal estar e acabar prejudicando a relação entre patrão e empregado, pelo menos por enquanto.

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Igor Seco

Igor Seco Autor

Comentários