Receita Federal anuncia planos de criar blockchain para CNPJ digital

Com a evolução tecnológica acontecendo no mundo inteiro é normal que setores taxativos dos governos se movimentem para estabelecer uma nova ordem de monitoramento de dados. No Brasil, depois de um período sem inovações, agora até a Receita Federal anunciou seus planos de criar um blockchain para CNPJ digital.

Os órgãos brasileiros estão finalmente acordando para as novas tecnologias. Em 2018 a RFB já havia realizado o anúncio de que os CPF’s entrariam para um sistema de blockchain com acompanhamento próximo ao tempo real da situação de pessoas físicas no Brasil.

Agora esse plano se expande e surge a blockchain para CNPJ digital

Infelizmente a intenção da Receita Federal não é de realizar um agrupamento de informações de pessoas físicas e empresas para reduzir de forma geral a burocracia em torno do levantamento desses dados, mas de certa forma, facilitar para que interessados em fazer isso tenham acesso mais simplificado ao cadastro dessas identidades.

Não existem informações para sabermos se em um futuro próximo essa integração na blockchain do CPF e do CNPJ acontecerá, mas acredita-se que a tecnologia disponível para que as ferramentas funcionem separadamente já estará funcionando no primeiro semestre de 2019.

Em nota emitida pelo órgão, ficou claro quais são os objetivos à cumprir com o blockchain para CNPJ digital:

“O desenvolvimento de mecanismos seguros e eficientes para realizar o compartilhamento dessa base cadastral é um desafio constante da Receita Federal. A tecnologia blockchain que tem como principal característica disponibilizar um conjunto de dados, de maneira distribuída, imutável e com claro rastreamento de qual partícipe fez qual alteração nos dados, se mostra bastante interessante para este ambiente onde a confiança é indispensável.”

Na semana do dia 14 de Janeiro a Receita Federal participou de um evento realizado pelo BNDES, chamado de “Disruptive Technologies for Financial and Public Services”, onde o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Joaquim Levy, falou que “o Blockchain tem potencial para transformar os negócios e a vida das pessoas”.

Nesta ocasião a RFB informou que o ano de 2019 deverá ser de “aperto de cerco”, em torno das exchanges que estão em atividade no país e prevê que estas instituições tenham de informar com certa regularidade, todas as operações realizadas pelos seus clientes, evitando atividades fraudulentas que gerem prejuízo ao Estado.

Fonte:

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Leia Também