Empresa realizará primeira eleição blockchain no Brasil

Desde que as novas tecnologias de dados encriptados chegaram aos olhos dos governos e das grandes empresas, todos se voltaram para a possibilidade de realizar uma eleição blockchain, à fim de acabar com qualquer dúvida em torno de eventos do tipo.

Já ficou claro para muita gente que as aplicações atuais de contagem de votos não são as mais eficientes e seguras. Por isso, diversos países como o Quênia, a Serra Leoa e a Suíça, já buscam maneiras de introduzir a plataforma em seu sistema eleitoral.

Embora seja muito importante que governos tomem essa iniciativa, a dificuldade é enorme, pois é necessário encontrar uma forma de fazer uma eleição blockchain funcionar em todos os níveis de uma democracia, alcançando todos aqueles que exercem o seu direito ao voto.

Por enquanto, a melhor alternativa é deixar que empresas realizem a tarefa internamente e testem a sua efetividade.

Em 2018 uma associação brasileira terá a primeira eleição blockchain do país

Ainda muito longe de realizar uma eleição blockchain para cargos governamentais. O sistema que hoje é desenvolvido por uma startup nacional chamada OriginalMy, utiliza de Blockchain ID para realizar a tarefa de contagem de votos certificados e praticamente impossíveis de burlar.

Essa plataforma será empregada internamente pela Associação Brasileira de Fintechs na escolha da sua nova diretoria ainda em Outubro.

De acordo com informações publicadas no telegram oficial da ABFintechs pelo CEO da empresa, Edilson Osório, o que acontece atualmente em nosso país é basicamente o seguinte:

“Hoje o ‘voto’ nas associações são a assinatura de um termo, reconhecido e firmado em cartório para depois ser enviado por correios. Nunca é utilizado assinatura eletrônica pois o sistema jurídico acreditava ser possível fraudar a identidade. Utilizando o OriginalMy, o processo todo será digital com o jurídico reconhecendo que o Blockchain ID é muito difícil de ser fraudado. Assim eles economizam tempo e dinheiro, cerca de 6 vezes mais barato que o processo tradicional”

Ele ainda complementa o informativo com a seguinte previsão:

“Este piloto está sendo feito com a assinatura digital usando o Blockchain ID. Se tudo der certo, vamos estudar formas de otimizar, fazendo em formato de voto eletrônico com assinatura expressa de recibo, deixando o processo ainda mais rápido”

Se esta eleição blockchain acontecer como o esperado pela empresa e pelo sistema jurídico, é muito provavel que outras empresas explorem o seu potencial e façam uso do Blockchain ID. Num futuro próximo onde toda a ação seja comprovadamente segura, há a possibilidade de que esse tipo de eleição se torne mais amplo, alcançando diversos setores em nossa sociedade.

Por aqui nós já publicamos um artigo afirmando que a tecnologia blockchain pode ser o caminho mais seguro para eleições no Brasil.

Fonte:
Foxbit
Livecoins

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Igor Seco Autor

Comentários