Polícia de Londres recebe treinamento em criptomoeda

Em uma tentativa de combater a lavagem de dinheiro, a polícia de Londres deve receber treinamento em criptomoedas.

Aclamada pelo pioneirismo, a polícia da cidade de Londres confirmou que vai introduzir um curso de criptomoeda como parte de sua Academia de Crimes Econômicos.

A medida é em resposta, sobretudo, a um medo crescente de que a criptomoeda crie oportunidades para os cibercriminosos lavarem dinheiro e às críticas e preocupações com o fato de que os policiais não estão suficientemente preparados para lidar com a nova tecnologia em moeda digital.

Preparação da polícia de Londres para combater o crime

Um piloto do curso já foi lançado, e outro deve começar em agosto. Uma vez que os cursos-piloto tenham sido concluídos, a Polícia da Cidade de Londres planeja fazer o treinamento de criptomoedas em todo o país no outono.

Um porta-voz da polícia da cidade de Londres, falou da crescente importância para os oficiais para obter treinamento em criptomoedas.

“Ele é projetado para fornecer aos delegados as habilidades e os conhecimentos necessários para reconhecer e gerenciar criptomoedas em uma investigação. Como resultado, na conclusão bem sucedida deste curso, os participantes compreenderão como detectar, aproveitar e investigar o uso de criptomoedas em um contexto investigativo.Será o primeiro de seu tipo e foi desenvolvido em resposta ao feedback de policiais em todo o país que sentiram que não havia treinamento suficiente na área ”,  disse o porta-voz.

O treinamento de criptomoedas da polícia vem na esteira de alertas feitos pela Europol de que criminosos poderiam estar lavando até £ 4 bilhões na Europa através do Bitcoin e outras criptomoedas.

Crime de criptomoedas em ascensão em todo o mundo

Embora não seja apenas a Europa onde os criminosos estão usando o Bitcoin para lavar dinheiro. A luta contra o crime de criptomoedas certamente é mundial. No início deste mês, a Polícia Federal do Brasil prendeu 12 membros de gangues de traficantes por conspirar para lavar milhões de dólares em bitcoins do contrabando de drogas para a África, Ásia e Europa.

Segundo a CipherTrace, uma empresa de segurança cibernética sediada nos EUA, no primeiro semestre de 2018, o roubo de troca de criptomoedas triplicou em relação a 2017, tornando-se um dos crimes que mais crescem este ano.

FONTE

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Lucas

Lucas Autor

Estudante de Letras (Português - Alemão) da Universidade de São Paulo. Diz que entende de cinema e espera escrever um livro, mas só espera mesmo.

Comentários