Oficial da Coréia do Sul propõe conselho internacional de regulamentação de criptomoedas

Uma das maiores dores de cabeça de quem ultimamente tem focado em trabalhar e investir em bitcoin, sem duvida alguma é a regulamentação de criptomoedas. Considerado um dos assuntos mais pertinentes, essa regulamentação deve partir dos governos e pode ajudar muito a vida dos investidores, ou complicar completamente.

O ponto é: As criptomoedas estão ganhando um espaço considerável no mercado de finanças e por isso precisam de fato de regulamentação, principalmente para que pessoas de má índole não acabem se beneficiando de formas à prejudicar terceiros, ou até mesmo o mercado em si.

As dificuldades da regulamentação de criptomoedas

As dificuldades nessa regulamentação de criptomoedas são de um nível nunca visto antes na história da economia mundial. As moedas digitais não dependem de limitação de territórios ou de um governo específico para funcionarem. Elas estão rodando por aí trazendo consigo uma corrida tecnológica que impressiona em vários aspectos e pra muitos, precisa ser controlada agora.

Recentemente um funcionário do Serviço de Supervisão Financeira da Coréia do Sul (FSS), alegou que é o momento para que autoridades internacionais busquem uma união para dar início a uma regulamentação de criptomoedas no geral, com um foco especial para as de maior valor comercial, como o bitcoin.

Em um relatório transmitido pela rede de televisão asiática chamada Asian Economic TV. O Yoon Suk-heun, nomeado em maio para ser um dos principais nomes no comando da FSS na divisão de criptoeconomia, citou a importância de uma cooperação mundial para que o melhor caminho seja encontrado.

Como um dos maiores investidores em blockchain e criptomoedas, a Coreia do Sul está travando uma batalha para organizar esse mercado emergente em seu país. Para o Yoon Suk-heun, o passo mais importante é definir regras básicas de proteção ao consumidor, além de formas de controle interno para empresas que planejam entrar com todo seu efetivo nessa janela financeira aberta pela tecnologia de encriptação.

De acordo com algumas informações, algumas entidades do país visitaram a Suíça recentemente para estudar o “Vale da Criptografia”. Ao que tudo indica, o plano real dos coreanos é criar em breve a sua própria ilha de criptomoedas.

Fonte:
BC Focus

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Igor Seco

Igor Seco Autor

Comentários