O que é Blockchain?

O Bitcoin está em alta e você quer aprender de forma simples o que exatamente é essa nova tecnologia. Para entender como a moeda digital opera, antes é preciso conhecer a função da Blockchain – é através dessa engenharia computacional, criada em 2008, que o Bitcoin e outras moedas digitais funcionam.

Blockchain são blocos de transações financeiras. Quando fazemos qualquer tipo de transação, como depósitos, é imprescindível a participação de um mediador. O mediador, no exemplo do depósito, seria o banco. Era impossível transferir dinheiro de uma conta para outra sem um banco. O Blockchain foi criado para substituir esses mediadores e, assim, as poucas entidades bancárias que estabelecem taxas e controlam o dinheiro.

Toda transação de moedas digitais (criptomoedas) fica registrada na Blockchain. Não há mediação, apenas registros das transferências para que se tornem válidas. É por isso que ela também é conhecida como “livro-razão”, remetendo-se ao conjunto de registros contabilísticos de uma empresa. Alguns dos benefícios da Blockchain é a transparência, privacidade e segurança. Transparência porque qualquer um pode visualizar as transações. Privacidade porque os usuários não precisam fornecer dados pessoais. E segurança porque os blocos de transações são criptografados.

A criptografia é uma tecnologia formada de códigos que garante que apenas o receptor e o emissor tenha acesso à informação. Ela também assegura que a transações não sejam alteradas, que cada moeda digital não seja usada mais de uma vez e que cheguem ao destinos certos.

Há pessoas reais que fazem o trabalho de registro: os “Mineradores”. Mineração é o ato de adicionar registros e calcular os códigos certos, chamados de “hashrate” (taxa de processamento),que une os blocos da Blockchain. “Minerar” faz referência a quantidade de bitcoins ao longo do tempo, inspirada na de metais preciosos. Calcular os códigos é algo complexo, gasta muita eletricidade e necessita um computador potente. Máquinas comuns não conseguem fazer o trabalho. Para se ter uma noção, segundo o TechTudo, a mineração consome o equivalente a 5,61% de toda energia do Brasil. É claro que os mineradores não fazem o trabalho à toa. Cada mineração é recompensada com partes das criptomoedas.

portal Autor

Comentários