O Bitcoin pode superar o ouro como reserva de valor?

Não é segredo para ninguém que na sociedade em que vivemos o Bitcoin se tornou uma das moedas mais valorizadas do mercado. A busca pela criptomoeda tem gerado debates que colocam em check até a possibilidade de que o ouro perca seu status como reserva de valor mais segura do mundo.

Reservas de valores são os itens do mercado que dificilmente (ou nunca), perderão sua cotação diante de uma crise financeira de qualquer gravidade. O ouro é conhecido por ser talvez o mais antigo desses itens, também o mais seguro, caminhando com a economia desde que o ser humano o descobriu.

Mas agora o ouro pode perder para o bitcoin.

A questão foi levantada por Lou Kerner, cofundador da CryptoOracle, uma empresa que explora o novo segmento de criptomoedas prestando consultoria àqueles que desejam fazer investimentos no ramo, durante sua entrevista para a CCN.

Lou foi categórico e afirmou que em cerca de até 5 anos nós veremos o ouro perder seu lugar para o bitcoin, por ser muito mais seguro. Esse tempo, segundo ele, será necessário apenas para que as criptomoedas adquiram estabilidade no mercado de valores.

Por se tratar de algo relativamente novo e ser considerado um titulo de risco, a flutuação que temos visto rencentemente é completamente comum e também aconteceu com outros ativos que hoje são considerados tradicionais para os investidores.

Segundo ele, as criptomoedas só precisam de um pouco mais de tempo para sustentar sua base e que daqui 40 anos elas serão tão comuns quanto todo o resto.

Essa ideia defendida por Lou já foi discutida em outras ocasiões. Em Maio o presidente da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities dos Estados Unidos (CFTC), J. Christopher Giancarlo citou algo parecido, dizendo em discurso que o bitcoin talvez não seja ideal para transições como moeda de troca, mas possui todas as características de uma reserva de valor.

Vale lembrar que o algoritmo que permite a criação de bitcoins torna possível que o número de moedas em circulação tenha um limite de 21 milhões, o que deverá em breve conter qualquer risco de inflação, dando mais ênfase à essa teoria.

Se Lou Kerner e J. Christopher Giancarlo estão certos, só esperando pra ver.

FONTE: CNN

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Igor Seco

Igor Seco Autor

Comentários