Vencedor do Nobel de economia diz que apenas idiotas acreditam na criptomoeda do facebook

Nos últimos dias os debates em torno da criptomoeda do Facebook, a Libra, estão cada vez mais incisivos. Dessa vez Joseph Stiglitz, vencedor do prêmio Nobel de economia, disse que não gosta muito dessa ideia.

Considerando-se um eterno inimigo das criptomoedas, que segundo o próprio Stiglitz, só trarão mais problema à economia do mundo todo, o economista afirma que as coisas devem piorar com a chegada da Libra ao mercado.

A Libra foi apresentada há pouco menos de um mês e será baseada nas principais moedas fiduciárias apoiadas por Stiglitz. No entanto, para o vencedor do Nobel, ela não será saudável para o ecossistema financeiro como um todo.

Segundo ele:

“O mundo evoluiu muito nos últimos anos, progredindo na transparência financeira e tornando muito mais difícil para o sistema bancário ser usado em atividades ilícitas, como a lavagem de dinheiro. A última coisa de que precisamos agora, é de um novo veículo que nutra essas atividades ilegais, o que, com toda certeza, acontecerá através de criptomoedas”

Hoje o Facebook, além de ser a maior rede social existente, também é considerada uma das maiores bibliografias da humanidade, com informações precisas sobre o que mais de 2,4 bilhões de pessoas fazem todos os meses. Nesse ponto, iniciar alguma ação criminosa através da Libra não deve ser a atitude mais esperta de um marginal.

Além do mais, um produto financeiro em larga escala nas mãos de Zuckerberg apenas amplia os conhecimentos da rede, que deve coletar mais uma infinidade de dados em cima do comportamento econômico de seus usuários.

Ainda assim, Stiglitz acrescentou:

“Apenas um idiota confiaria no Facebook com seu otimismo financeiro. Mas talvez seja esse o ponto. Com tanta informação de tantas pessoas, quem saberia melhor que o Facebook quantos novos mercados nascem todos os dias?”

Para ele o que Zuckerberg está fazendo é apenas criar uma avenida para os criminosos percorrerem livremente.

“Há algumas respostas para a questão do modelo de negócios da Libra: Uma é que as pessoas que se envolvem em atividades criminosas estão dispostas a pagar por elas através de uma moeda que os impedem de ser detectados.”

Por sua vez, o Facebook ainda não lançou uma versão final do produto e não planeja fazê-lo tão cedo. O Blockchain da Libra ainda está sendo debatido por todo o mundo e diversos países já pediram explicações para entender melhor sobre o que se trata toda essa ideia.

Fonte:
CCN

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Leia Também