NASA apresenta plano de blockchain no controle do tráfego aéreo americano

Em uma publicação realizada no último dia 10 de janeiro em seu site oficial, a NASA apresentou um plano para a aplicação de blockchain no controle do tráfego aéreo americano baseado na plataforma de HyperLedger.

O sistema teria sido pensado para facilitar a comunicação entre aeronaves, torres de comando e outras unidades com permissão para falar em uma rede criptografada e segura em todo o território dos Estados Unidos, de acordo com a fonte:

“Esta nova estrutura apresenta autoridade de certificação, suporte a contratos inteligentes e canais de comunicação com largura de banda maior e mais eficiente para a troca de informações privadas que podem ser usadas para comunicação segura entre qualquer aeronave específica e qualquer membro autorizado em particular.”

O plano de blockchain no controle do tráfego aéreo

Os engenheiros por trás da ferramenta desenvolvida com base na Hyperledger Fabric, informaram que a infraestrutura necessária para este sistema poderia ser rapidamente implantada de uma forma à mantê-la economicamente viável por um longo período.

Este sistema de blockchain no controle da comunicação no espaço aéreo poderia ser uma medida eficaz para evitar que indivíduos descredenciados ingressem na rede e comuniquem falsa posição de aeronaves, algo conhecido como “spoofing”, na linguagem técnica aeronáutica.

A ideia é dificultar ao máximo que existam problemas de privacidade e falsificação, como aeronaves duplicadas em radares, ou intromissão de frequência pirata, onde pessoas mal intencionadas em terra, afirmam sobrevoar alguma região e prejudicam os planos de voo comerciais.

Na proposta publicada no site oficial, os desenvolvedores explicam:

“Uma questão pendente na maioria desses esquemas de infraestrutura de chave pública é a dificuldade de implementar a estrutura de uma maneira que possa ser utilizada pelas aeronaves em vôo. (…) A grande vantagem de ter blockchain no controle do espaço aéreo é que a plataforma permite uma aplicação no qual os usuários finais não são obrigados a pertencer a uma única organização ou a aderir a um único protocolo de cliente/servidor”

Em meados de 2017, a NASA concedeu um subsídio de 300 mil dólares para apoiar o desenvolvimento de um sistema espacial autônomo baseado em blockchain, dando seu primeiro passo para a adoção das novas tecnologias.

Fontes:
Cointelegraph

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Leia Também