Primeiro Ministro de Malta diz que Criptomoedas são o dinheiro do futuro

A 73ª Sessão da Assembléia Geral da ONU que aconteceu no último dia 27 de Setembro, se tornou palco para diversos presidentes e ministros buscarem soluções para problemas mundiais. Autoridades de todos os lugares fizeram discursos, porém, um dos mais marcantes foi justamente o de Joseph Muscat, Primeiro-Ministro de Malta, afirmando que as criptomoedas são o dinheiro do futuro.

Durante sua fala, Muscat reafirmou a nova proposta econômica do país e relatou aos presentes que o parlamento de Malta foi o primeiro a adotar medidas realmente eficazes para regulamentar um mercado que até então era frágil e vivia em uma espécie de faroeste, sem leis e normas para proteger o consumidor.

Muscat fala que criptomoedas são “o dinheiro do futuro”

O Primeiro-Ministro também aproveitou seu tempo para voltar a falar da iniciativa de transformar Malta em uma “Ilha Blockchain“, lembrando à todos dos investimentos recentes, feitos por empresas interessadas em realizar um trabalho especializado no ramo cripto-econômico.

Ao lado de países muito maiores economicamente, Malta tem chamado atenção depois que seu sistema político passou a trabalhar à favor das novas tecnologias. De lá para cá, três grandes projetos de lei foram aprovados, referentes à blockchain, criptomoedas e tecnologia de contabilidade distribuída (DLT).

Segundo Muscat, não há motivo bom o suficiente para proibir ou criar leis que dificultem a circulação de criptomoedas em qualquer nível, para ele o “dinheiro do futuro”, deve ir aos poucos substituindo as formas tradicionais com as quais lidamos nossas finanças.

Isso pode impactar significativamente o comércio como conhecemos, basta que todos tenham internet ou acesso ao mercado de cripto-ativos.

Para ele é bem simples:

“As plataformas de Blockchain tornam as criptomoedas o inevitável dinheiro do futuro, mais transparente e justo, já que ajuda a filtrar bons negócios de negócios ruins.”

Não há qualquer dúvida que Malta esteja saindo na frente de um grande bloco de países. Lugares como a China, por exemplo, ainda lutam para encontrar uma política de sustentabilidade no ramo criptográfico.

Fonte:
Coindesk

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Igor Seco

Igor Seco Autor

Comentários