Malware de Android se passa por até 32 aplicativos de criptomoedas, incluindo Coinbase e BitPay

Nos últimos dias, usuários de aplicativos de criptomoedas tem relatado o aparecimento de um novo Malware específico para atingir celulares com Android. Apps de câmbio e conversão como Coinbase e Bitpay estão entre eles.

De acordo com notícia publicada no The Next Web, uma pesquisa realizada em cima de análise de dados conseguiu identificar o malware que agora é batizado de “Gustuff”, e consegue se passar por cerca de trinta e dois aplicativos, incluindo de bancos internacionais como o JPMorgan e o Bank Of America.

Grupo identifica arquivo de vírus que se passa por aplicativos de criptomoedas

O criador deste malware desenvolveu uma rede que dispara SMS com um link muito parecido com o do aplicativo original e usam um sistema de auto-completar que já insere diversos dados sobre o cliente, esperando que o usuário apenas finalize com algumas informações mais relevantes.

Além disso, o “Gustuff” sabe como desativar o Google Protect. De acordo com o desenvolvedor do Trojan, esse recurso funciona em 70% dos casos.

Para os pesquisadores que identificaram o arquivo perigoso, está claro que os criadores do Gustuff estão tentando criar uma rede de pishing através de uma rede complexa de registros falsos e bloqueios. Os mais de trinta aplicativos foram encontrados em diversos países, como os Estados Unidos, o Canadá, a Índia, a Polônia e a Alemanha.

O relatório não informa se o grupo atua também na América do Sul. O mercado brasileiro é um dos que mais cresce atualmente, existe um receio de que os investidores se tornem alvos de grupos especialistas em roubo de dados.

Mesmo assim, os usuários estão sendo aconselhados a não procurar aplicativos encontrados fora das lojas oficiais do Google ou da Apple.

Fonte:
Cointelegraph

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Igor Seco Autor

Comentários