LG planeja lançar projeto blockchain para rastrear alimentos e carteira de criptomoedas

Um dos maiores conglomerados de eletrônicos do mundo, a LG Corporation, da Coréia do Sul, está no caminho para expandir sua presença no universo blockchain.

Blockchain para cadeia alimentar e carteira de criptomoedas na mira da LG

No último dia 2 de Julho, a empresa entrou com um pedido para registrar uma patente que descreve uma carteira eletrônica com possíveis recursos voltados para as criptomoedas.

Além disso, a subsidiária de TI da marca, a LG CNS, informou à imprensa de que estará adicionando em breve uma categoria de serviços de distribuição e monitoramento de alimentos à sua plataforma de blockchain, Monachain.

Obviamente um pedido de patente não é o suficiente para saber quais são os planos de uma empresa global, porém é uma ideia interessante sobre o futuro das gigantes de eletrônicos para se levar em consideração.

Uma parceria foi firmada entre a LG e a provedora de serviços de TI Say IT, para desenvolver o projeto que pretende rastrear os alimentos servidos em lanchonetes escolares na Coréia do Sul.

A plataforma deve apresentar dados transparentes sobre a produção, o processamento, a distribuição, a aquisição e o consumo dos produtos agrícolas comercializados com a rede de ensino.

A empresa disse que a iniciativa visa melhorar a saúde dos alunos e colaborará com os governos locais para tornar os dados disponíveis publicamente.

A carteira de criptomoedas da LG

A ThinQ wallet foi uma marca registrada no escritório de patentes dos Estados Unidos, segundo sua descrição, ela fornecerá serviços de transação monetária, corretagem e liquidação para dispositivos integrados, como smartphones e computadores.

No registro também consta a utilização do produto em serviços de blockchain e criptomoedas, como “emissão de cyber dinheiro”.

ThinQ é uma marca comercial atualmente usada pela LG para indicar produtos integrados com inteligência artificial.

A LG testou com sucesso vários aplicativos blockchain nos últimos dois anos.

A empresa lançou um piloto em setembro de 2018 para um serviço pagamentos internacionais baseado em blockchain sob sua operadora de celular LG Uplus. Em junho, a LG assinou contrato com a firma farmacêutica Celltrion e UnionBank para assessorar o blockchain Klaytn, lançado pelo gigante sul-coreano Kakao.

Fonte:
Coindesk

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Leia Também