Itaú é o primeiro banco da América Latina a usar blockchain em transação internacional

Não existe dúvida quando falamos que o setor que mais se beneficiará com as novas tecnologias é o bancário, esta semana o Itaú deu o toque inicial para a adesão delas no Brasil, utilizando o blockchain em transação internacional.

Itaú é o primeiro banco na América Latina a usar blockchain em transação internacional

Em uma parceria entre o Itaú Unibanco e o grupo inglês Standard Chartered, foi possível realizar o primeiro empréstimo sindicalizado através de blockchain na América Latina, onde 100 milhões de dólares foram movimentados e completamente documentados em uma plataforma compartilhada.

Os valores foram fornecidos pelos ingleses e também pela Wells Fargo, o grupo econômico norte-americano. Segundo as informações este projeto se deu início para que testes fossem realizados em torno da segurança e da coleta de dados que só pode ser compartilhada de maneira segura com o uso de blockchain.

Utilizando a plataforma Corda, do consórcio R3, que foi formado pelos maiores bancos do mundo, esta operação estava sendo negociada há mais de seis meses e envolvia 12 pessoas para que tudo fosse planejado e executado conforme as rigorosas leis do blockchain.

O maior desafio no entanto, foi tornar este acordo internacional em algo completamente benéfico para os participantes e ainda dentro das leis de cada país.

Mas como tudo tem um porém, como nós falamos apenas de uma transação de testes, toda a execução foi realizada também na forma tradicional, garantindo que erros tecnológicos não causem falhas catastróficas que iniciem desconfiança entre as entidades.

No entanto, segundo Ricardo Nuno, o diretor da Tesouraria do Itaú, a ferramenta é altamente confiável:

“Entre todas as tecnologias que surgiram nos últimos anos, a blockchain é a que faz mais sentido para as instituições bancárias, porque demoramos muito tempo trocando informações e e-mails (…), Para se ter uma ideia, uma operação de empréstimo sindicalizado como esse, que envolveu apenas três bancos, chega a trocar até dois mil e-mails entre as partes”

Se for comprovado a eficácia do projeto, nós poderemos colher frutos dessa iniciativa em breve.

O mercado criptoeconômico projeta um aumento de até 20 vezes no valor das transações realizadas através do blockchain nos próximos 5 anos.

Fonte:
Reuters

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Igor Seco

Igor Seco Autor

Comentários