Holanda deve declarar pena de até 6 anos para quem aplica golpes com criptomoedas

Em busca de manter seus cidadãos protegidos de criminosos aproveitadores, o governo da Holanda está se articulando para aplicar penas mais severas para aqueles que forem pegos realizando golpes envolvendo aplicativos de bancos e criptomoedas.

Holanda deve aplicar pena de 6 anos para golpistas de criptomoedas

Atualmente, crimes com cartões de crédito já tem uma pena máxima de prisão de seis anos no país, porém, penas envolvendo aplicativos e contas de bancos online tem um limite de apenas 4 anos.

No atual projeto que pretende rever as condições de prisão de um acusado a legislação baseia-se na diretiva de combate à lavagem de dinheiro da União Europeia. O responsável é o ministro da Justiça Ferdinand Grapperhaus.

Ele afirmou recentemente que a aplicação de fraudes através desses métodos de pagamento mais recentes é cada vez mais comum e pode atingir um grande número de pessoas. Para ele penalidades mais duras devem servir para impedir este tipo de crime.

O novo regime de sentenças também se aplicará a crimes como falsificação de dados de pagamento, posse ou venda de dados falsificados, falsificação de cartão de crédito e esquemas de phishing.

Fonte:
Criptofácil

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Leia Também