Quais as melhores exchanges de criptomoedas no Brasil?

Apesar da popularização do bitcoin, o mundo vive uma alta das demais criptomoedas também. E é por isso que surge um fenômeno fundamental, as exchanges.

Para simplificar, elas fazem a ligação entre pessoas que querem comprar e vender criptomoedas. E claro, garantem que essas criptomoedas cheguem de forma segura e clara ao seu destino correto. Elas também fazer outras funções, como se fossem corretoras online de criptomoedas.

Cada exchange determina o valor de cada transação. Por isso, é necessário estudar os valores de mercado, além de outras variáveis como taxa de mercado, atendimento, gráfico, entre outras. Por isso, selecionamos as cinco melhores exchanges do Brasil para você ficar de olho:

1- FoxBit

A FoxBit é uma empresa brasileira com sede em São Paulo que surgiu da necessidade de uma exchange transparente no país. Já que é a única empresa brasileira que deixa público seu endereço de carteira quente e fria, provando a existência dos recursos que são negociados na plataforma.

Ela conta com um dos maiores volumes da América Latina, não cobra taxa de depósito, tem tráfico próprio, integração ao TradingView e permite uma compra fácil. Além disso, ela ainda permite conta para pessoa jurídica e recurso de pré-aprovação de depósito.

O grande problema é a instabilidade da plataforma que cai com certa frequência e o atendimento que está longe de ser dos mais rápidos.

2- Walltime

A Walltime é uma startup localizada na cidade de Campinas-SP. A empresa foca no desenvolvimento de software relacionado ao blockchain.

As suas principais qualidade é a boa arquitetura, a segurança, a velocidade do site e uma das melhores taxas do Brasil. Além disso, é a única que trabalha 24 horas por dia.

Por outro lado, sua interface é confusa, o volume é baixo, não oferece conta jurídica e não possui gráfico.

3- BitcoinTrade

A BitcoinTrade foi a primeira exchange brasileira a aceitar cartão de crédito como forma de pagamento e já ultrapassou a maioria das concorrentes, apesar de ainda muito jovem.

Sem taxa de depósito, ela conta com uma das interfaces mais simples e vistosas, bom atendimento e API para desenvolvedores e é a única com certificado PCI/DSS Compliant. É também a única com aplicativo oficial para iOS e Android.

Apesar disso, não apresenta gráfico, seu volume não é tão grande e suas taxas poderiam ter valores melhores.

4-  Mercado Bitcoin

O Mercado Bitcoin é uma fintech brasileira com serviços de câmbio de criptomoedas. É responsável por transações de Bitcoin e Litecoin.

A empresa é primeira a realizar ações de câmbio de Bitcoin na América Latina e a fornecer caixa eletrônico para saque de criptomoedas no Brasil. O site faz um intermédio entre compradores e vendedores de moedas digitais, com preço estipulado pela livre negociação entre os clientes.

Ela conta ainda com um atendimento relativamente eficiente, com 86% dos problemas solucionados.

 

5-  BrasiliEx

A Braziliex completa a lista. Ela se destaca por ser a primeira corretora do mundo que permite a entrada de reais a partir de depósitos nacionais. Antes disso, as opções eram o envio de bitcoin ou interbancário internacional.

Outras opções

Há ainda muitas outas exchanges de criptomoedas no Brasil. Entre elas se destacam a Negocie Coins, a CoinBr e a Warp Exchange.

Victor Russo Autor

Comentários