Exchange chinesa chega ao Brasil e procura profissionais!

Nesta semana, foi noticiado que a exchange chinesa de criptomoedas, Huobi, está chegando em território brasileiro e ainda contratando!

Conhecida por ser a terceira maior corretora de moedas virtuais internacionalmente, a empresa acabou entregando alguns cartões e fazendo networking durante a sexta edição da Bitconf.

Imagem via CryptoPit

Qual é a estratégia da Houbi para o Brasil?

Os dirigentes da Houbi têm optado por não chamarem muito a atenção da imprensa. Portanto, eles têm se comunicado discretamente com alguns contatos grandes no mercado de criptomoedas no Brasil.

O Portal do Bitcoin revelou que os representantes da empresa em São Paulo decidiram não divulgar nenhuma declaração oficial. Assim, esse posicionamento só comprova o quão reservados eles estão em sua abordagem para atingir o setor nacional.

Embora tenham esse posicionamento introspectivo, é sabido que a exchange montou um escritório na região paulista e está selecionando profissionais. Através do Linkedin, a corretora chinesa está buscando candidatos brasileiros, contando com duas vagas em aberto no momento.

A primeira delas é de Chief Compliance Officer. O cargo diz respeito ao empregado inspecionar qualquer operação realizada. Neste monitoramento, será identificado eventuais irregularidades presentes em procedimentos de trading, cadastramento ou câmbio.

A outra vaga disponível é a de Digital Marketing Manager. Nesta, o profissional irá estabelecer a marca territorialmente, desenvolvendo estratégias e métodos de alcance. Gerar uma identidade que crie um laço de confiança entre o público e a empresa é importante, porque mantém os investidores e auxilia no crescimento da marca no Brasil.

A vinda dessa exchange colocará o cenário nacional das criptomoedas em movimentação. Primeiramente, porque ela trará desafios novos para as concorrentes brasileiras, caso aceitem saques e depósitos em reais. Em segundo lugar, suas taxas de ordens passivas e ativas representam aproximadamente metade daquelas cobradas normalmente pelas corretoras no Brasil.

Apesar de não terem confirmado formalmente, é esperado que a Huobi inicie seus trabalhos ainda este ano. Provavelmente, nos meses finais de 2018, ela já esteja operando no país.

FONTE
https://portaldobitcoin.com/maior-exchange-mundo-operacao-brasil/

Gabriel Claudino

Gabriel Claudino Autor

Gabriel Claudino tem 23 anos, é ator e cursa Letras na USP (Universidade de São Paulo). Atua como criador de conteúdo no Portal do Blockchain.

Comentários