Empresa da Suíça pretende aumentar segurança no trabalho com blockchain

Muito se fala na maneira como empresas farão acordos utilizando novas tecnologias, mas algumas questões importantes envolvem também o trabalhador. Uma empresa na Suíça decidiu melhorar a segurança no trabalho com blockchain em um novo sistema de gestão.

A Swiss Federal Railways (SBB), empresa responsável por uma série de serviços ferroviários na Suíça, concluiu um teste conceitual recentemente que demonstra os benefícios de um ambiente de trabalho com blockchain.

Segurança no Trabalho com Blockchain

Os desenvolvedores da plataforma trabalharam nos últimos meses realizando ajustes para que os empregados efetivados em canteiros de obras da SBB, possam estar protegidos através de um sistema de gerenciamento de credenciais.

Em parceria com a Linum Labs e usando a tecnologia de código aberto do uPort, foi possível chegar à uma solução especifica que emite autorização de acesso à áreas apenas ao pessoal qualificado para a atividade.

Isso se dá, já que por se tratar de uma empresa que funciona em conjunto com dezenas de outras do setor ferroviário, existem muitos funcionários terceirizados que eventualmente entram em áreas fora de onde se encontra o seu serviço.

Todos os funcionários da empresa receberam um treinamento no período de testes e tiveram suas digitais cadastradas junto à um QR Code, ocasionando em um processo de reconhecimento com duas etapas.

Depois o funcionário pode entrar no site do aplicativo e acompanhar em tempo real toda a sua movimentação de entrada e saída nas construções. Um facilitador também para os gerentes de pessoal que precise realocar mão de obra.

“Usando o uPort, os trabalhadores e os supervisores podem ter suas próprias identidades digitais exclusivas vinculadas às suas respectivas IDs, ancoradas a uma identidade no blockchain. Um hash das atividades de check-in / check-out do funcionário é publicado no blockchain para que o banco de dados interno possa ser auditado”, escreveu a Linum Labs.

Esse banco de dados também poderá ser acessado por entidades reguladoras municipais para que se garanta a legalidade de todo o processo trabalhista.

Mesmo com os testes realizados se mostrando promissores, os desenvolvedores alegaram que o sistema funciona muito bem para locais onde não é necessário um grande banco de dados, mas que estão trabalhando para ampliar a velocidade de processamento na hora de criar e administrar as identificações.

Conheça outros setores da indústria beneficiados pelo blockchain!

Fonte:
Coindesk

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Igor Seco

Igor Seco Autor

Comentários