Empresa aérea busca formas de baixar o preço de passagens usando blockchain

Desde o surgimento das plataformas de blockchain, o setor privado tem buscado se desenvolver rapidamente para se adaptar a nova tecnologia e assim reduzir custos ao máximo. Empresas de todos os tipos tem obtido vantagens nesse sentido, agora é a vez da Air France-KLM, uma das cinco maiores empresas aéreas, jogar este jogo usando blockchain.

Clientes serão beneficiados por empresas usando blockchain

A competição no mercado tem trabalhado há anos para reduzir os preços de seus produtos e trazer benefícios que atraiam cada vez mais consumidores. Mais recentemente, descobriu-se que usando blockchain é possível fazer diferença nos valores praticados por uma empresa, cortando intermediadores de modo confiável.

É nesse caminho que a Air France-KLM decidiu seguir, após firmar um contrato com a Winding Tree, uma empresa do ramo blockchain, para desenvolver um projeto na plataforma com o objetivo reduzir drásticamente os valores praticados e alcançar mais clientes.

A vice-presidente executiva de Estratégia e Inovação da Air France, Sonia Barriere, emitiu uma nota afirmando acreditar que a industria aérea só tem a ganhar usando blockchain. Para ela, o sistema interno da companhia poderá se desenvolver em diversas direções com essa parceria.

A Winding Tree obteve um crescimento rápido nos ultimos meses, após apresentar soluções variadas para o uso das novas tecnologias no regimento interno de empresas como a Air France.

Para eles, cortar intermediários não ajuda apenas a reduzir preços de passagens, mas tem aplicações comprovadamente úteis em outras tarefas, como simplificar pedidos de reserva, administrar planos de fidelidade, rastrear bagagens e executar planos de abastecimentos de aeronaves.

Este ano uma gigante russa afirmou ter realizado testes bem sucedidos para monitorar o consumo de combustível de aeronaves em voos domésticos.

O histórico da Winding Tree demonstra que cada vez mais empresas do setor de viagens estão usando blockchain. Redes como a Nordic Choice Hotels que opera nos países bálticos já utilizam a plataforma em código aberto, além de outras companhias aéreas como a Lufthansa, a Swiss Air, a Air New Zealand e a Eurowings.

Fonte:
Cointelegraph

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Igor Seco Autor

Comentários