Criptomoeda não é dinheiro de verdade?

Criptomoeda não é dinheiro de verdade? De acordo com um artigo publicado pelo Banco da Finlândia, e escrito por um de seus consultores, argumenta que as criptomoedas não são formas reais de dinheiro.

De acordo com Aleksi Grym, assessor de digitalização do banco central, as criptomoedas são “não moedas, mas sim sistemas contábeis para ativos inexistentes”.

A “grande ilusão”, ele postula, resulta de como “mal entendido o conceito de dinheiro ainda é” e a “escolha de terminologia” bastante confusa apresentada no documento original de autoria do pseudônimo criador de bitcoin, Satoshi Nakamoto.

Concentrando-se nas verdadeiras funções do bitcoin, Grym traça paralelos entre o funcionamento do bitcoin e o funcionamento de um banco tradicional. Primeiro, com o bitcoin, os contadores de um banco tradicional são semelhantes aos mineiros. Segundo, o livro centralizado mantido pelos bancos para registrar saldos e transações de contas é semelhante ao blockchain de bitcoin.

Como observa Grym:

“A única diferença entre um sistema de criptomoedas e um sistema de contabilidade tradicional é que, em um sistema de criptomoeda, o razão é distribuído por uma rede de computadores, enquanto um banco tradicional mantém o registro em um sistema de computador centralizado. Não há diferença prática. no que os sistemas fazem. ”

Ele acrescenta: “O dinheiro, na sua essência, é uma unidade de conta.” Assim, enquanto criptomoedas podem atuar como um excelente “tipo de dispositivo de registro financeiro comparável a um livro de contas”, ele não substituirá as formas de dinheiro existentes atualmente, nem jamais se tornará a forma singular de dinheiro existente sem apoio institucional.

Se o Banco da Finlândia concorda com Grym talvez seja irrelevante; em 2014, o banco central classificou o bitcoin como uma espécie de commodity em vez de uma moeda.

No entanto, o assunto continua a ser de interesse para a instituição, tendo publicado vários trabalhos de pesquisa que exploram as questões multifacetadas que envolvem criptomoedas e blockchain.

FONTE

Lucas

Lucas Autor

Estudante de Letras (Português - Alemão) da Universidade de São Paulo. Diz que entende de cinema e espera escrever um livro, mas só espera mesmo.

Comentários