Criptomoeda nacional da Venezuela, Petro será negociada em 6 exchanges

Desde que o governo Maduro começou a divulgar o projeto de uma criptomoeda nacional chamada Petro para salvar seu país, economistas de toda América do Sul tem questionado os meios utilizados para tal. Esta semana a Venezuela deu um novo passo autorizando ao menos 6 exchanges a negociarem o ativo.

Criptomoeda Nacional já pode ser negociada no exterior

Lançado no início de 2018 e já considerado a moeda oficial da Venezuela, a criptomoeda nacional Petro havia sido desenvolvida para agregar valor sobre os barris de petróleo produzidos no país.

No entanto, Maduro voltou atrás na sua decisão e passou a distribuir os ativos sobre outros produtos, tornando o Petro um criptoativo suportado por 50% do valor de combustível fóssil, 20% do valor do ferro, 20% ouro e 10% diamante.

O passo seguinte foi efetivar o plano e autorizar que exchanges pudessem comercializar a criptomoeda internacionalmente, levando em conta o valor do bitcoin e possibilitando até o investimento através de dólares americanos.

No documento divulgado no último dia 17, dezesseis exchanges estavam listadas para fornecer acesso ao ativo digital, porém, duas semanas depois, apenas seis entraram em acordo com o estado venezuelano para iniciar as negociações.

As exchanges que vão negociar a criptomoeda nacional são:

Segundo os documentos oficiais disponibilizados pelo governo da Venezuela, o Petro possui uma forma de funcionamento muito parecido com o de outras criptomoedas já conhecidas pelo mercado, como é o caso do Dash.

Agora que os trabalhos no sentido de ampliar o alcance da Petro se iniciaram pra valer, começa nos países vizinhos uma observação cuidadosa à fim de estudar os efeitos de uma criptomoeda se tornar a moeda oficial de um país.

Apesar do sistema de governo por lá não ser dos mais favoráveis ao comércio e ao livre mercado, os venezuelanos podem se tornar um exemplo em como desenvolver uma criptoeconomia, tanto para o bem quanto para o mal.

Fonte:
CNM

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Igor Seco

Igor Seco Autor

Comentários