Coreia do Sul avança na regulamentação de criptomoedas

Os reguladores financeiros da Coreia do Sul estão tomando medidas decisivas para legitimar ainda mais a indústria doméstica e regulamentação de criptomoedas.

Na quinta-feira, a Financial Services Commission (FSC) divulgou novas diretrizes regulatórias para as trocas de moedas digitais para aumentar ainda mais a segurança após vários ataques cibernéticos no início deste mês.

Novo Regulamento de Criptomoeda

As autoridades do FSC estão reforçando as diretrizes de combate à lavagem de dinheiro (AML) e know-your-customer (KYC) para as trocas domésticas de criptomoedas como parte de uma iniciativa mais ampla para monitorar melhor o mercado doméstico. Isso também inclui diretrizes para o Customer Due Diligence (CDD) e verificações de antecedentes aprimoradas. Esses critérios impedem que os estrangeiros acessem as trocas de moedas domésticas e limitam a capacidade das redes criminosas de lavagem de dinheiro.

Sob as novas diretrizes, o FSC solicitou à Unidade de Inteligência Financeira da Coreia (KFIU) para supervisionar as transações de criptografia e a atividade do usuário.

Três grandes bancos – Nonghyup, Hana Bank e Kookmin – também estão sendo investigados por fornecer contas bancárias para as bolsas domésticas. A extensão da investigação não é totalmente clara.

As novas diretrizes são um desvio significativo de como as trocas de criptomoedas estão atualmente regulamentadas no país. Antes do novo conjunto de regras, as trocas domésticas eram reguladas apenas como “fornecedores de comunicação”, o que significa que praticamente qualquer pessoa pode criar uma plataforma de negociação on-line para moedas digitais.

Depois de vários episódios de hackers das principais trocas de criptografia no país nos últimos tempos, houve um apelo urgente do governo e da comunidade criptográfica por terem regulamentos rigorosamente focados em criptografia para proteger o interesse dos investidores.

Com o novo marco regulatório entrando em cena, acredita-se que o setor agora é legítimo e é o primeiro passo das autoridades para regular o setor de criptomoeda. No futuro, acredita-se que os bancos, as trocas de criptografia e as autoridades locais cooperarão para uma estrutura reguladora mais robusta.

FONTE

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Lucas

Lucas Autor

Estudante de Letras (Português - Alemão) da Universidade de São Paulo. Diz que entende de cinema e espera escrever um livro, mas só espera mesmo.

Comentários