Copa do Mundo influencia baixos índices de Bitcoin no Brasil!

Empolgante por um lado, mas decepcionante em outros campos.

Os jogos da Copa Mundial de Futebol na Rússia começaram oficialmente na última semana e o Brasil estreou domingo. Apesar da recepção calorosa dos torcedores brasileiros com a seleção, o mercado financeiro de criptomoedas sentiu o impacto.

A quantidade de bitcoins negociados no país já foi reduzindo desde o começo de 2018. Entretanto, após o início da Copa, com seus sete jogos televisionados (sendo um deles do Brasil), a porção marcou a menor já registrada no ano.

Segundo o Índice de Preços do Bitcoin (IPB), a média de quantidade negociada de bitcoin em solo brasileiro é de 386 BTC. No final de semana dos dias 9 e 10 de junho (até as 18h), cerca de 520 BTC entraram em negociação.

Em comparação, nos dias 16 e 17, foram registrados o equivalente à 129 BTC negociados nas grandes exchanges brasileiras. Inclusive, no mesmo período de tempo. Este valor, na cotação do tempo estabelecido, corresponde a aproximadamente 3,2 milhões de reais!

Fonte da imagem: Portal do Bitcoin
Bitcoin é atingida, mas se mantém internacionalmente

A principal criptomoeda acabou sofrendo com uma brusca queda recentemente, como apontado por portais internacionais. O motivo ainda não está esclarecido, mas especialistas argumentam sobre a dificuldade da moeda em ser mineirada hoje.

No começo deste mês, o valor da moeda digital experimentou uma queda de 10%. Porém, representantes das principais plataformas de negociações com moedas virtuais no mundo apontam que a cotação manteve-se estabilizada nos últimos 5 dias.

Verifique abaixo o gráfico de preços da moeda bitcoin:

Gráfico do Índice de Preço do Bitcoin

Uma matéria do site britânico Business Insider afirmou que o volume de negociação dos bitcoins não é pequeno somente no Brasil. Relevantes exchanges espalhadas pelo globo estão passando por dificuldades com as transações comerciais.

Dados da Coinmarketcap demonstram que, nas últimas 24 horas, foram negociados 30% a menos do que é comum ocorrer.
Embora pareça uma queda brusca, o montante equivale a 3 bilhões de dólares em bitcoins em circulação.

Portanto, é esperado que as quedas não atinjam violentamente o mercado das criptomoedas a ponto de desvalorizá-las, contudo merecem atenção dos investidores.

FONTES:

Fonte 1
Fonte 2
Fonte 3

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Gabriel Claudino

Gabriel Claudino Autor

Gabriel Claudino tem 23 anos, é ator e cursa Letras na USP (Universidade de São Paulo). Atua como criador de conteúdo no Portal do Blockchain.

Comentários