Comitê para promover blockchain é formado pela maior corporação móvel da Índia

Quando falamos em criptografia e nas novas tecnologias que surgiram a partir disso, é impossível não citar a Índia como uma das maiores entusiastas do mundo na busca por desenvolvimento neste meio. Mais recentemente, visando um crescimento benéfico para o país, a Associação de Internet e Mobile da Índia, decidiu criar um comitê para promover blockchain.

Comitê para promover blockchain planeja unir empresas e governo

Um relatório publicado no site Economic Times, da Índia, o porta voz desta ação afirmou que o plano do comitê é facilitar um engajamento entre o governo e desenvolvedores independentes para criar um ambiente de ajuda mútua, à fim de tornar o país uma potência neste mercado.

Através de um ecossistema de múltiplos benefícios, empresas de médio e grande porte poderiam trabalhar em conjunto com start ups e o governo, para que a implementação de blockchain tivesse um alcance maior, se tornando útil em todos os setores que agora teriam vantagem através do uso da tecnologia.

Tina Singh, a chefe do departamento digital da Mahindra Finance, uma gigante do ramo de empréstimos para iniciativa privada, será a mulher que presidirá o projeto. Ela afirmou o seguinte:

“É impossível negar que a blockchain se tornará a tecnologia do futuro, destinada a trazer descentralização, confiança e responsabilidade para múltiplas áreas de negócios. No entanto, a fim de ser mais eficaz e alcançar o grande público, a tecnologia blockchain precisa da intervenção de órgãos governamentais, autoridades reguladoras e corporações que desenvolvam um ecossistema eficaz de planejamento e incentivo à esta tecnologia”.

O comitê conta com grandes nomes de diversas organizações interessadas no crescimento deste negócio, entre elas estão a Microsoft, a Mastercard, a IBM e o maior banco privado da Índia, o HDFC Bank. Além do fundador da Zebpay, a principal bolsa de bitcoin do país.

Mesmo sem que exista uma regulamentação para as criptomoedas na Índia, os envolvidos no comitê não acreditam que esse seja um grande obstáculo para que todo o potencial da organização seja aproveitado.

Segundo as palavras de Singh:

“O nosso comitê se compromete a concentrar seus esforços na criação de um diálogo saudável entre todas as partes interessadas e avançar em direção à uma economia participativa partindo do simples ato de promover blockchain”.

Fonte:
CCN

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Igor Seco

Igor Seco Autor

Comentários