Cada bitcoin custa US$ 1.500 para ser minerado segundo empresa especialista

Muito tem se falado ultimamente sobre os benefícios das moedas digitais, mas uma preocupação recorrente é sobre a sua viabilidade. Toda a energia gasta para minerar criptomoedas vale mesmo o trabalho? Segundo uma empresa especialista o bitcoin custa US$ 1567 para ser minerado, uma quantia até baixa se você considerar o seu valor comercial de US$ 7 mil.

Cada bitcoin custa até US$ 1567 para ser minerado

A Bitfarms Technologies é uma empresa com duas sedes especializada em minerar criptomoedas. Antes conhecida como Blockchain Mining, ela revelou ao público um documento mostrando as variações em suas ações acontecidas no prazo dos seis primeiros meses do ano de 2018.

As informações captadas nesse período mostraram que houve um lucro na renda bruta da empresa, mas que um investimento precisou ser feito para que suas criptomoedas fossem mineradas sem nenhuma surpresa que atrapalhasse os planos das cedes situadas em Montreal e Israel.

O documento publicado dá alguns detalhes importantes, no tempo estimado eles conseguiram resgatar 1.923 BTC, 2.223 BCH, 3.324 LTC, 567 ETH, e 220 Dash. O que gera uma receita líquida de 4,9 milhões de dólares, sendo um total bruto de US$ 12,3 milhões.

Esses números apresentados se tornam ainda mais impressionantes se você levar em conta o fato de que o mercado de mineração de criptomoedas tem sofrido uma queda constante desde o fim do ano de 2017, quando o bitcoin alcançou o seu valor mais alto de US$ 20 mil.

Para explicar o sucesso da empresa nesse período, o CEO Wes Fulford, afirmou o seguinte:

“Nossa impressionante estrutura de custos, possibilitada por preços acessíveis e a longo prazo de eletricidade e arrendamento imobiliário, nos permite manter a lucratividade durante os períodos de precificação volátil das criptomoedas.”

É importante notar que as ações da Bitfarms na bolsa de valores cresceram quase 50% antes do estudo ser publicado, algo que segundo o site Bitcoin.com, só aconteceu devido ao investimento da empresa em uma equipe de eletricistas especializados em centros computacionais dedicados que conta com 40 pessoas.

Uma nota emitida também informa que agora a empresa de mineração está focada em Quebec, local onde planeja uma mega-instalação que contará com energia à baixo custo, conseguida através de uma parceria com empresas locais.

Fonte:
News Bitcoin
GNW

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Igor Seco Autor

Comentários