Bitcoins e Altcoins sofrem grande queda

Na semana passada, os preços do Bitcoin fecharam abaixo do nível de suporte – equivalente a US$7 mil. E atingiram o valor mínimo na última quarta (08), desde julho, quando 99, das 100 criptomoedas do CoinMarketCap, sendo tanto Bitcoins e Altcoins, ficaram com valor negativo.

No momento do ocorrido, o Bitcoin estava sendo negociado por volta de US$6.499. Isso representa uma queda de 8,5% no dia. O ocorrido encerrou três semanas complicadas, em que a criptomoeda mais valiosa ganhou e perdeu até 20%.

Essa movimentação abaixo do valor significa que a moeda quase completou o ciclo, já que rapidamente ganhou mais de mil dólares em dois dias durante o mês de julho. Embora não houvesse clareza quanto ao motivo por trás do movimento de alta, os preços da moeda continuaram subindo durante o último mês.

Em agosto, apesar de notícias comentarem sobre a criação de uma plataforma de ativos digitais da Intercontinental Exchange. E sobre a movimentação do Goldman Sachs para planejar uma oferta de custódia a base de criptografia, o mercado começou a se decompor.

Isso fez o Bitcoin perder por volta de 15% no início do mês.

Essas baixas aconteceram depois de ser anunciada a extensão do prazo para a aprovação do ETF (proposta de fundo negociado em bolsa).

Situação das Altcoins

As perdas também atingiram as Altcoins. O Ethereum, por exemplo, não conseguiu igualar a alta do Bitcoin no último mês, e ainda sofreu queda. A criptomoeda sustentou cerca de 10% de perdas na semana passada, e em julho, perdas em torno de 35%.

Mas entre as dez principais – segundo a lista da CoinMarketCap – a IOTA e o EOS foram as criptomoedas que registraram as maiores perdas. Ambas sofreram queda de mais de 17% em 24 horas. O Ripple foi outra que também sofreu. Sua queda, no caso, foi por volta de 16%.

No período, o valor total do mercado chegou em torno de US$229 milhões. Algo nunca visto desde novembro do ano passado.

Atualmente, entre as dez primeiras na lista da CoinMarketCap, a Cardano foi a que mais sofreu queda no último dia. Com perda de 13,37% do valor no mercado, o nível da criptomoeda está parecida com a de março deste período em que sofreu a sua maior queda.

Mas nada de Bitcoin ou Ethereum serem as que menos perderam. O Tether sofreu uma baixa de apenas 0,7% nas últimas 24 horas. Aliás, a moeda vem tendo uma estabilidade. Sua capital de mercado variou pouco desde o início do ano, mas teve um crescimento significativo.

Quanto ao preço em dólar americano, manteve-se estável desde abril do ano passo, com pequenas variações.

FONTE

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Comentários