Bancos Brasileiros podem usar Blockchain!

O sistema Blockchain veio como uma inovação para os negócios! Embora tenha seu caráter independente, diversos bancos já o estudam com objetivo em implementação.

Mas sabia que essa realização poderá ser uma realidade no Brasil? Aliás, muito antes do que prevíamos!

A Caixa Econômica Federal reuniu-se com o Banco do Brasil, o Santander, a Banrisul e o SICOOB para um projeto revolucionário. Pois, o plano é utilizar a blockchain para simplificar e agilizar transações financeiras entre clientes de distintos bancos.

No que consiste a ideia?

Essa ideia foi apresentada recentemente na décima primeira edição do Fórum Internacional de TI Banrisul. Intitulado Sistema Financeiro Digital (SDF), ele oferecerá o que ainda é inédito nas operações financeiras. Proporcionar aos correntes que transmitam seus recursos entre contas dos demais bancos inseridos no programa.

Mas o que trará de diferente com a blockchain?

A implementação deste prospecto fará com das transferências ininterruptas, ocorrendo ao longo do dia inteiro, e com dinheiro disponibilizado imediatamente. Ainda segundo as instituições, os finais de semana estão inclusos nessas projeções!

Das informações divulgadas no evento, foi revelado que os clientes não precisarão fazer o download de um aplicativo diferente. A função será disponibilizada em uma futura atualização dos já lançados mobiles banking.

Neste novo modelo de transações financeiras, os correntistas não precisarão fornecer os dados de CPF, número de agência, bancos e conta para realizar as operações.

Inclusive, este é um dos pontos que mais se diferencia das transferências bancárias na internet, em DOC ou TED.

Imagem via Pixabay

O painel apresentado no fórum de TI Banrisul recebeu o nome de “Sistema Financeiro Digital: Uma tendência ou realidade?”. Com a proposta chamativa, acabou atraindo diversos curiosos e surpreendeu o público presente.

O diretor da Banrisul, Julio Brunet, anunciou que o SFD é um projeto vindo da colaboração das instituições envolvidas. Entretanto, revelou que essa união é rara, pois surgiu de um dos setores mais competitivos do território brasileiro.

Gary Cohn, o antigo COO da Glodman Sachs, comentou há pouco tempo que os bancos “não podem negar a relevância da tecnologia blockchain”. Alertando que as instituições devem utilizá-la como forma de potencializar e facilitar operações monetárias internacionalmente.

Como esta rede de blockchain brasileira será pioneira por receber permissão regulamentada, os empresários estão considerando ampliar estruturas internas para atender às dúvidas dos clientes.

FONTE

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Gabriel Claudino

Gabriel Claudino Autor

Gabriel Claudino tem 23 anos, é ator e cursa Letras na USP (Universidade de São Paulo). Atua como criador de conteúdo no Portal do Blockchain.

Comentários