Banco Central e Microsoft estão desenvolvendo sistema de blockchain

O Banco Cental do Brasil (Bacen) e a Microsoft estão negociando uma parceria para implementar um sistema de blockchain. O objetivo é facilitar troca de informações entre órgãos financeiros e instituições reguladoras.

O Banco Central implementou em abril de 2018 o serviço Pier (Plataforma de Integração de Informações das Entidades Reguladoras). Baseado em blockchain, o Pier foi desenvolvido pela Microsoft, que já estava em contato com o Bacen desde 2017.

O sistema visa facilitar a integração de informações entre o Banco Central, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Atualmente, essa troca é feita de maneira ineficiente e arriscada, ainda com troca de papeladas e telefonemas.

De acordo com Marcelo Yared, diretor de tecnologia do Bacen, “hoje, a requisição é gravada diretamente no Blockchain do Pier, podendo ser resolvida de forma quase instantânea. Isso acontece porque cada entidade tem um pedaço dessas informações e o conteúdo é compartilhado conforme o necessário”.

“Além de uma maior agilidade, trocar papéis e e-mails por uma rede descentralizada e automatizada torna todo o processo mais seguro, auditável e menos sujeito a falhas de controle”, completou Yared em blog da Microsoft.

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Victor Russo Autor

Comentários