CEO da Coinbase entra para a lista de bilionários por causa de criptomoedas

Em meio à uma gigantesca quebra na criptoeconomia mundial após o hard fork que separou o bitcoin cash, Brian Armstrong, o CEO da Coinbase, se manteve por cima do problema e alcançou o patamar de bilionário por causa das criptomoedas.

Pesquisas indicam que aproximadamente 600 bilhões de dólares foram incinerados da economia depois que as bolsas de criptomoedas quebraram. Porém, um dos homens que mais facilita a negociação delas se manteve na zona de lucro, é o que diz uma matéria da Forbes.

De CEO da Coinbase a novo bilionário das criptomoedas

Após a Coinbase ter sido avaliada na casa dos 8 bilhões de dólares e garantir mais uma rodada de investimentos que chegaram em até 300 milhões, a participação do co-fundador Brian Armstrong na empresa passou a valer 1,3 bilhões.

Em relação à outros bilionários, a curva de crescimento de Armstrong foi lenta, porém sempre crescente, no final de 2017 sua fatia na Coinbase marcava algo próximo de 900 milhões.

Desde 2012 trabalhando neste novo setor econômico, Armstrong viu sua fortuna crescer e despencar várias vezes. Sua empresa, a Coinbase, esteve sempre tão entrelaçada às criptomoedas desde a sua fundação que durante muito tempo os seus funcionários foram pagos exclusivamente com bitcoin.

De lá pra cá a Coinbase mostrou que seu trabalho era sério e se tornou a exchange mais importante dos Estados Unidos, realizando transações criptografadas para mais de 20 milhões de pessoas.

Hoje ela é considerada uma das empresas mais lucrativas São Francisco e especialistas acreditam que até o final de 2018 ela movimentará cerca de 1,3 bilhões de dólares em ativos.

Sem fazer qualquer pronuncia por ter atingido tal marca, Armstrong é um homem que costuma não dar muita moral para holofotes. Seu foco é o trabalho duro e já deixou claro que seu maior objetivo é globalizar completamente as criptomoedas.

Nos próximos anos podemos esperar uma movimentação cada vez maior da Coinbase em negociações com instituições financeiras tradicionais para que o valor fiduciário das moedas seja cada vez mais atrelado às criptomoedas, fortalecendo o mercado e trazendo investimentos.

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Igor Seco

Igor Seco Autor

Comentários