Saiba como armazenar com segurança suas criptomoedas

Para aqueles que dedicaram seu tempo e dinheiro em criptomoedas, sabe o quanto é preocupante perder toda a fortuna, não é? Saiba que se esse for o seu caso, é normal pensar isso. E se você está se perguntando como é possível armazenar com segurança suas criptomoedas, vamos mostrar como.

E mesmo que perder suas criptomoedas seja algo que você questione como pode acontecer, saiba que há centenas de motivos. Você pode perder seu dispositivo não criptografado. Um vírus pode varrer seu disco rígido e encontra sua chave privada. Seu provedor de e-mail perde seu banco de dados, alguém hackeia sua conta e rouba seu dinheiro.

Entre outros.

Como um investidor no mercado criptográfico, você é o único responsável por seus Bitcoins e Altcoins. Além de outros fundos criptográficos. Nada e ninguém é capaz de ajuda-lo se ocorrer algo errado que leve você a perder tudo.

Por isso, você precisa proteger melhor suas criptomoedas. Lide com elas de maneira certa que usuários maliciosos são serão capazes de rouba-las. Para isso, melhore seu conhecimento de informática e siga estritamente as instruções sobre transações criptográficas.

Dicas de segurança para armazenar com segurança

Entre todas, a principal e mais básica é ter cuidado com sua chave privada. Quando for usar suas carteiras digitais, seja prudente ao escolher o seu provedor de serviços de carteira criptográfica para armazenar com segurança.

Um outra dica é usar apenas armazenamento frio. Ou seja, uma carteira offline. No caso, utilizar uma unidade USB, carteira de papel, criptomoeda física ou carteiras de hardware offline.

Um outro método é usar várias carteiras. Existem dois fatores importantes que usuários devem levar em conta ao usar as carteiras. O volume e o valor de transação.

Volume de transação é o número de transações que você realiza. Ele pode variar conforme os dias, e o que determina como alto ou baixo volume é relativo.

Já o valor da transação é, como já esperado, o valor da criptomoeda transferida. E como no volume, não há um número que represente um grande valor, pois é relativo. Mas, para um referência, um baixo valor é menor ou igual à quantidade de dinheiro que você fica confortável em carregar.

Tipos de carteiras digitais

Carteira móvel: é bom utiliza-lá se você fizer alto volume com baixo valor. O dinheiro estará acessível o tempo todo, desde que seu smartphone tenha bateria.

Carteira de hardware: é bom utiliza-lá se você fizer alto volume com alto valor. Esses dispositivos são parecidos com pendrives e armazenam as chaves privadas em chips especializados. Mas podem ser afetados caso seu computador ou telefone sejam hackeados.

Carteira de papel: é bom utiliza-lá se você fizer baixo volume com alto valor. Elas não precisam de gastos ou movimentações frequentes. É preciso um documento contendo todos os dados necessários para gerar chaves privadas. Uma maneira de usar isso com segurança é usa-las em um computador que apaga toda memória após o uso.

Carteira online: é bom utiliza-lá se você fizer baixo volume com baixo valor. Normalmente, a utilização dela vem em formato de website. É bem acessível, desde que você tenha conexão com internet. Por isso, torna-se mais útil, já que é possível acessar seus Bitcoins de qualquer lugar ou dispositivo.

Leia também: Aprenda como criar sua própria carteira digital

Como deixar sua carteira em segurança

Uma primeira dica é armazenar pequenas quantidades de dinheiro criptografados em sua carteira. Essa é a maneira mais preventiva de protege-la. Mas caso não for usar este dinheiro, é recomendado guarda-lo em um ambiente mais seguro.

Outro método importante é sempre realizar o backup da sua carteira. E deixar o backup em um local seguro é também fundamental. Isso vai protege-lo de falhas no computador e também de muito erro humano. Ele é importante porque permite que você recupere sua carteira depois que seu celular ou computador quebre ou seja roubado.

E faça sempre de toda sua carteira, mais de uma vez. Há chances de não conseguir recuperar grande parte dos fundos usando apenas um backup. Não esqueça de fazer isso regularmente.

Criptografia

Criptografar sua carteira também é uma ação importante para armazenar com segurança suas carteiras. Seu smartphone também pode ser criptografado.

Usar uma senha forte é fundamental. Não se limite a letras, use uma senha com, pelo menos, 16 caracteres, tendo letras, números, sinais de pontuação e outros símbolos. As senhas mais fortes são aquelas criadas em programas específicos.

E senhas maiores e mais fortes são difíceis de memorizar. Por isso, escolha bem onde guarda-la, porque ao perde-la, você perde todo o acesso a suas moedas. Uma boa opção, além de guardar, é memoriza-la.

FONTE

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Comentários