Passo a passo para criar própria moeda virtual

Passo a passo para criar moeda virtual

Bitcoin, Ethereum, Ripple, Dash. São tantas criptomoedas que fica difícil escolher qual usar, não é mesmo? E entre tantas no mercado, uma pode ser a sua. Afinal, nada melhor do que usar a sua própria criptomoeda. Pensando nisso, esse texto vai te explicar como criar moeda virtual.

Com o surgimento de tantas novas criptomoedas além do Bitcoin – que recebem o nome de Altcoins – criou-se uma vontade de criar a própria moeda. E faze-la crescer dentro do mercado. Por mais que pareça algo complexo, beirando ao impossível, fique tranquilo que pode ser mais simples.

Comunidade

Antes de pensar em criar moeda virtual, esteja já envolvido em alguma comunidade. Ou seja, não crie e espere que os outros cheguem até ela, construa uma para atender as necessidades dessa comunidade. A Feathercoin foi criada justamente nessa filosofia.

Assim, a sua comunidade, que é construída por entusiastas das criptomoedas, vão ser capazes de legitimar a sua criação. É com essa vontade que a moeda acaba ganhando valor, já que pessoas estão interessadas em colocar dinheiro naquilo.

Codificação

Por mais que pareça o ponto mais complicado, atualmente é a ação menos demorada. Até porque os criadores acabam se utilizando dos códigos abertos da Bitcoin e da Litecoin como base.

A complexidade existe caso você escolha construir de forma mais avançada os parâmetros individuais da Blockchain. Nisso, ao querer criar novos algoritmos, podem demorar meses até obter o resultado da sua moeda. Mas, se for utilizar os já prontos da Bitcoin e Litecoin, você pode construí-la em minutos. Como? Logo eu explico.

Mesmo depois de criá-la, ainda é preciso um comprometimento com a segurança e em corrigir defeitos. Só assim ela vai conseguir durar um tempo significativo para fazer as pessoas usarem-na.

Passo a passo para criar moeda virtual

Já que usando os códigos fica mais fácil criar moeda virtual, preste atenção no que é necessário fazer. Com base no texto do Aprender Sobre Bitcoin, a base vai ser a utilização da rede Ethereum.

  • O primeiro passo é baixar o MetaMask, extensão por onde você consegue utilizar a carteira do Ethereum.
  • Para testes, o segundo passo é ir na opção Rinkeby Test Network
  • Após a instalação e o teste feitos vá ao site Coin Launch. Esta é uma plataforma gratuita, mas caso, você leve seu projeto para frente, chegando a ter uma ICO lançada, ela fica com uma parcela dos seus lucros.
  • Lá, clique em Create a coin for free. Na aba Setup, você deverá preencher os dados da sua criptomoeda. Deverá escolher o nome, a sigla, a versão (no caso, será a 1), quantidade disponível no mercado, colocar quantidade de casas decimais da sua criptomoeda e o ponto importante que é o valor (lembrando que é com base nos dados da Ethereum). 
Passo a passo para criar uma ICO

Caso queira criar um ICO, depois disso feito, vá em ICO Contract. Aqui, o campo deve ser preenchido com os dados necessários.

  • O primeiro passo será colocar o endereço no qual as pessoas vão enviar contribuições para sua ICO. Este endereço estará no MetaMask.
  • Depois, terá que informar quantas, daquela quantidade de moedas citadas anteriormente, você vai destinar para o time da sua ICO.
  • Dividida em pré-venda e venda, será necessário colocar qual o valor mínimo para os compradores na pré-venda. E no campo seguinte será pedido o valor mínimo de contribuição na venda.
  • Também é preciso informar o máximo que cada usuário pode comprar; definir a quantidade em Ether para sua ICO e colocar a quantidade mínima em Ether para a continuidade do projeto.
  • Por fim, defina a duração (em dias) da ICO.
  • Na aba Bonuses, você determina os bônus que cada usuário irá receber conforme sua contribuição. Para finalizar, a aba Vesting irá “congelar” os tokens vendidos durante sua ICO.
Mineração

Depois de tudo pronto, é preciso divulgar a sua moeda, fazer acontecer a mineração e faze-la ganhar valor no mercado. O passo, no caso, é construir confiança, mostrando sua visão e suas intenções para com aquela moeda aos mineradores que possuem os hardwares necessários para você.

Nessa hora, é preciso ser honesto e ter um conhecimento do mercado para passar confiança. 

Comerciantes

Agora que você já tem sua própria moeda, mineradores e usuários a utilizando, o passo então é mostrar aos comerciantes que seu código vale algo físico.

Além da confiança, é também preciso administração e tempo para trabalhar algo que você acredita. Assim, as pessoas vão acreditar na sua ideia. E é bom definir o seu público alvo. Comece a sempre participar dos fóruns e falar sobre sua moeda, até para receber as primeiras reações do público.

Mesmo tomando atitudes parecidas com os mineradores, os consumidores tendem a ser mais conservadores. Então, fique atento e ganhe a confiança de forma natural, sem forçar nada.

FONTES

Fonte1

Fonte2

Fonte3

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.

Comentários