Akon cria sua própria criptomoeda

Uma cidade futurista e inovadora com base nas criptomoedas. Seria possível existir tal empreitada?

Aparentemente sim, acima de tudo em Senegal e idealizada pelo músico Akon!

O cantor nascido nos EUA, que é descendente de senegaleses, diz que sua cidade futurista será construída em uma terra de 2.000 acres, oferecida a ele pelo presidente do Senegal, Macky Sall. 

De acordo com seu site oficial, a cidade estará a cinco minutos de carro do novo aeroporto internacional do Estado da África Ocidental.

Enquanto o projeto ainda se encontra em desenvolvimento, a própria criptomoeda da celebridade, o Akoin, deve ser lançado no início de julho.

Imagem via “complex.com”
Quem é o cantor?

O cantor – nome verdadeiro Aliaume Thiam – revelou planos para a cidade e sua moeda durante um painel no festival Cannes Lions de criatividade. Akon, 45,  é mais reconhecido como homem de negócios do que como músico nos dias de hoje.

Seu empreendimento mais recente é a Akon Lighting Africa, que está fornecendo energia solar para os países africanos.

Agora ele voltou sua atenção para as moedas digitais e sua tecnologia de blockchain subjacente. Akon argumenta que blockchain pode permitir que os africanos se tornem menos dependentes de seus governos.

“I think that blockchain and crypto could be the saviour for Africa in many ways because it brings the power back to the people… Cryptocurrency and blockchain technology offer a more secure currency that enables people in Africa to advance themselves independent of the government,”

O olhar de um especialista:

Mas, Rasheed Alabi, analista de gerenciamento de risco, diz que os africanos veem as criptomoedas como um meio de alcançar a independência financeira e escapar das economias em crise do continente, “We missed the internet boom, crypto is another opportunity for us“.

“Governments around the world are already losing their voice when it comes to becoming their citizens’ financial and security advisers. People don’t trust the government anymore and the global liberalist movement is fast rising”, comentou Alabi à CNN.

FONTE

Lucas

Lucas Autor

Estudante de Letras (Português - Alemão) da Universidade de São Paulo. Diz que entende de cinema e espera escrever um livro, mas só espera mesmo.

Comentários