A diferença entre blockchain e base de dados

A primeira diferença, entre blockchain e base de dados,  se dá na forma como elas foram orquestradas. No caso da base de dados, tudo fica armazenado em um local único e o cliente pode modificar os dados. O controle da base é da empresa contratada. Ela é quem deverá autenticar a credencial do cliente antes que este tenha acesso ao banco de dados.

Como a empresa criadora do banco é a responsável pela sua administração, qualquer falha de segurança compromete o banco de dados. Esse fato causa insegurança, uma vez que permite que as informações sejam alteradas e até mesmo deletadas.

A tecnologia blockchain  permite que transações sejam feitas –  financeiras ou de dados – sem a necessidade de um intermediário. Por exemplo: se uma pessoa deseja transferir dinheiro para outra, essa transação precisa passar por um banco, que será o intermediário. Só é possível fugir disso de duas formas: pagando em dinheiro vivo ou com criptomoedas.

A falta de intermediários permite que todas as pessoas tenham acesso às informações fornecidas durante a transação. Dessa forma, evita-se o pagamento de impostos. Entretanto, é importante ressaltar que a preocupação com a privacidade não é necessária, pois tudo é feito anonimamente.

Assim como nas transações financeiras, o banco de dados do Blockchain permite que diversos usuários sejam responsáveis pela administração das ações. Assim, garante-se que todos tenham acesso a todas as informações disponíveis. Nesse caso, todos os usuários podem acrescentar dados e, sempre que mudanças são feitas, todos são informados a respeito delas.

Além de ser mais seguro e transparente, o recurso é mais barato, pois não é necessário gastar muito dinheiro para evitar hackers – diferente da base de dados tradicional.

As operações disponíveis

Em um banco de dados tradicional, o cliente só pode realizar quatro operações: criar, ler, atualizar e deletar. Essas ações são mais conhecidas como comandos CRUD – por causa das palavras em inglês create, read, update e delete. Enquanto isso, no blockchain só é possível adicionar mais dados e ler todas as informações. Não é possível excluir dados.

Na tecnologia blockchain, os dados podem ser controlados a todo tempo. Isso dá ao cliente mais segurança a respeito de todas as transações. Entretanto, há quem reclame do fato de que a tecnologia é mais lenta e os dados estão expostos a um número maior de pessoas (uma vez que uma das coisas que foram sucesso na tecnologia, foi o fato de que ela pode ser acessada por todos os usuários).

 

Fontes 1 e 2

 

 

 

Receba novidades sobre Blockchain no Seu Email
Join over 3.000 visitors who are receiving our newsletter and learn how to optimize your blog for search engines, find free traffic, and monetize your website.
We hate spam. Your email address will not be sold or shared with anyone else.
Thais

Thais Autor

Thaís Dias do Carmo tem 24 anos, é formada em Letras português/italiano pela USP e também é atriz. Na Influu atua na área de conteúdo.

Comentários